14 de novembro de 2012

Saúde



Oi pessoal!
Nos dias de hoje é muito fácil perder a paciência, no trânsito sempre parado, todo mundo buzinando, no super mercado com a fila enorme para comprar somente o pão e muitas outras situações.  Cada dia que passa isso piora e temos que achar um jeito de ficarmos calmos. Nas horas vagas (que pouca gente tem e que passa rapidinho) temos que ouvir uma música, dançar, cantar, sair com os amigos, olhar um filme, diversas coisas e tudo para nos acalmar.
Hoje o assunto é meditação!
Um pequeno texto como introdução e entendimento do assunto. 
Por: Leontina Rita Aocrinte trentin
A meditação nos ajuda a limpar nosso hemisfério esquerdo que é acumulado e atormentado pelas nossas preocupações diárias. Sentimentos guardados nos recônditos do passado dos quais não conseguimos nos libertar, não permitem que as energias oriundas do plano superior atuem em nós para harmonia do nosso ser.
Com a meditação proporcionamos-nos equilíbrio e bem-estar, é uma pratica muito salutar. Passamos a uma concentração intensa do espírito, deixando-o tranquilo e harmonizado, facilitando nosso contato com o plano astral que nos auxiliará satisfatoriamente, reequilibrando nossos pontos de forças, nossas energias. Estando assim mais fortes, poderemos resolver de forma tranquila tudo o que nos faculta a capacitação.
Relaxar ajuda a meditar e meditar relaxa.
A meditação pode ser feita de várias maneiras, em grupo, individual, com música e sem música (entre outras maneiras). Basta ficar em uma posição confortável e pensar somente em coisas boas, momentos bons e relaxar. O "recomendado"  no início é meditar todos os dias por 3 minutos, depois de um tempo pode ser aumentado para 1 hora por dia.
Testei e fiquei muito mais tranquila, com a internet tudo fica mais fácil porque não precisamos sair de casa para ver posições e músicas ideais para esse momento de tranquilidade. Testem e me contem o que acharam!
Beijos e até o próximo post! Ainda hoje tem vídeo novo no YouTube



0 comentários:

Seguidores

Seguidores

+ Populares